ACESSE SUA CONTA   |   facebook

Cadastre-se   //   Vantagens   //   Esqueci minha senha

como funciona a emissora monetária do Brasil





Sem Imagem

O dinheiro que circula na economia, tanto o papel quanto a moeda, é fabricado na Casa da Moeda do Brasil (CMB). Também popularmente chamado de Casa da Moeda (CM). Entretanto, as funções da Casa da Moeda vão além de apenas produzir dinheiro. Com mais de 300 anos de operação, ela também é responsável combate fraudes e corrupção de documentos. Além disso, também promove o controle, fiscalização, autenticidade, rastreabilidade, proteção de marcas e certificações acadêmicas (provas e títulos), atuando dentro e fora do país. O que é a Casa da Moeda? A Casa da Moeda do Brasil é a empresa pública responsável, em caráter exclusivo, pela fabricação de moeda metálica e papel moeda. Além disso, ela possui outras competências como imprimir selos e outros documentos que necessitam de proteção contra falsificação, como certidões e bilhetes de metrô. Moeda corrente: Descubra o que é e veja a história da moeda nacional A instituição foi fundada em 8 de março de 1694, em Salvador. Primordialmente, tinha como objetivo recunhar moedas de ouro portuguesas e espanholas em circulação. Mais tarde transferiu sua sede para o Rio de Janeiro e logo depois foi para Pernambuco. Atualmente, o parque fabril  da CM está localizado no Distrito Industrial de Santa Cruz, Rio de Janeiro. Além disso, tem capacidade para produzir aproximadamente 3 bilhões de cédulas e 4 bilhões de moedas ao ano. Logo, a existência de uma instituição como a Casa da Moeda concede ao Brasil a autossuficiência para a produção de suas notas e moedas. Funções da Casa da Moeda As principais funções da Casa da Moeda são: Fabricação de papel moeda, moeda metálica e medalhas comemorativas; Impressão de selos: postais, fiscais e federais, além de títulos da dívida pública federal; Fabricação de passaportes para fornecimento ao Governo; Atividades de controle fiscal como sobre a produção de cigarros, entre outros. A Casa da Moeda realiza ainda a comercialização de moedas comemorativas em quantidades autorizadas pelo Banco Central. Além disso, está autorizada a imprimir documentos de empresas particulares que precisam de itens de segurança. Como funciona a fabricação de papel moeda? O Banco Central define anualmente junto à Casa da Moeda a quantidade de cédulas e moedas que devem ser produzidas. Ou seja, a CM fabrica o dinheiro e o Banco Central emite, distribui e controla os meios circulantes. O surgimento do dinheiro Dessa forma, é necessário uma autorização do presidente do Banco Central que, orientado pelo governo, define a quantidade de dinheiro a ser impresso. Em 2018, o contrato assinado com o Banco Central contemplou um fornecimento total de 1.667.777 bilhões de cédulas. Isso representa um volume bem superior a média dos quatro anos anteriores que tiveram uma emissão média de 1,1 bilhão de cédulas, como mostra no gráfico. Casa da Moeda e o mercado internacional A Casa da Moeda é reconhecida no mercado internacional pelo seu padrão de segurança, tecnologia e qualidade. A propósito, esse reconhecimento data de muitos séculos atrás. Ainda no Brasil Colônia, em 1813, moedas de cobre eram produzidas para a circulação nas também colônias portuguesas de Moçambique, São Tomé e Príncipe e Angola. Atualmente, a CM atende as demandas de mercados localizados na América do Sul, como Argentina, Bolívia, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e Suriname. Também se faz presente na Costa Rica e Haiti. Atravessando as fronteiras, atende as demandas de países africanos como Angola, Guiné-Bissau, Zaire, Cabo Verde, Moçambique, entre outros. A Casa da Moeda precisa ser bem estruturada para servir de bom suporte para expansão econômica de um país.

Fonte: Suno Research em <a href="https://www.sunoresearch.com.br/artigos/casa-da-moeda/">Casa da Moeda: saiba como funciona a emissora monetária do Brasil</a>



Fonte: SUNO

Autor do blog: Nilton Romani

Voltar
Compartilhar
Facebook Twitter YouTube Feed de notícias
Coleções de Cédulas e Moedas Brasileiras © 2014. Todos os direitos reservados.